Colégio Termomecanica abre 105 vagas para Ensino Médio Gratuito

As inscrições para o Ensino Médio vão até o dia 25 

O Colégio Termomecanica (CTM) disponibiliza um total de 105 vagas para o Ensino Médio, para o ano letivo de 2022 e o processo seletivo volta a ser por meio de Vestibulinho presencial, e as inscrições podem ser realizadas até o dia 25 de outubro, diretamente no site da Vunesp. Metade do total de vagas oferecidas são destinadas a candidatos cuja renda bruta mensal familiar per capita seja inferior a um salário mínimo e meio (R$ 1.650) e deverá ser comprovada no ato da matrícula, em caso de aprovação.

O Ensino Médio do Colégio Termomecanica já está de acordo com as novas diretrizes do Novo Ensino Médio. De acordo com o professor Antonio Ive Marinheiro, coordenador do Ensino Médio do Colégio, a instituição já havia desenvolvido um plano para implementar as adequações à Lei nº 13.415/2017. “Quando a Lei que reformulou o Ensino Médio foi aprovada, em 2017, iniciamos nossos estudos para as mudanças curriculares. Nossa carga horária passa a ser distribuída em 1800 horas para a Formação Geral Básica (FGB) e 1700 horas para os Itinerários Formativos (IF), que foram divididos em Matemáticas, Ciências da Natureza, Linguagens e Ciências Humanas, sendo as duas últimas de forma integrada, e o principal diferencial é que algumas disciplinas com conteúdos tecnológicos estão presentes em todos os itinerários, o que contribuirá para preparar ainda mais nosso aluno para um mundo cada vez mais informatizado”, explica o professor.

O processo seletivo volta a ser presencial, por meio de prova objetiva, mas com adequações para garantir a integridade dos candidatos é importante ler atentamente o edital disponível nos sites do Colégio Termomecanica e da Vunesp.

“Entendemos que para o momento educacional que estamos vivendo, retornar com o vestibulinho é a melhor opção, mas é importante ter em mente que ainda estamos em pandemia, por isso o candidato deve permanecer atento aos cuidados e seguir os protocolos que estão descritos no Manual do Candidato. Para o dia da prova, recomendamos que os candidatos levem mais de uma caneta preta e lápis, assim como itens de uso pessoal, como máscaras extras, recipiente para tomar água e álcool em gel. A quantidade de salas em que as provas serão realizadas foram aumentadas e a ocupação reduzida, garantindo assim o distanciamento”, finaliza o coordenador.

O Colégio é um dos precursores da educação gratuita em tempo integral do País, com metodologia de ensino própria, totalmente alinhada à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Prima pela formação integral do aluno e propicia condições para que o desenvolvimento da identidade e da autonomia ocorra de maneira didática e efetiva, formando cidadãos livres, responsáveis, autônomos e solidários, capazes de entender e de atuar na sociedade em que vive, dentro de elevados padrões éticos e morais. Tudo isso é proporcionado por um corpo docente especializado, além de instalações contendo modernos recursos educacionais como, por exemplo, salas de aulas temáticas, laboratórios, oficinas e bibliotecas interativas. O CTM está localizado na cidade de São Bernardo do Campo e há dez anos consecutivos, se mantém em primeiro lugar como melhor instituição de ensino privado do município, de acordo com o desempenho dos seus alunos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Sobre o Colégio Termomecanica (CTM) 

O Colégio Termomecanica (CTM) é uma escola de ensino infantil, fundamental, médio e técnico totalmente gratuitos. Fundada em 1989 pelo empreendedor social Salvador Arena (1915-1998), o CTM surgiu como escola-modelo e um dos precursores do regime de tempo integral gratuito na educação básica do Brasil. Referência em infraestrutura, o CTM integra o Centro Educacional da Fundação Salvador Arena (CEFSA), principal projeto social da Fundação Salvador Arena na área de educação, um complexo educacional.

Sobre a Fundação Salvador Arena

A Fundação Salvador Arena (FSA) é uma instituição civil de finalidade beneficente, de direito privado e sem fins lucrativos, criada em 1964 pelo engenheiro Salvador Arena (1915-1998) para manter atividades voltadas à transformação social, atuando nas áreas de educação e assistência, e apoiando nas áreas de saúde e habitação. De 1998 a 2020, destinou mais de R$ 1,3 bilhões para ações que visam o fortalecimento do terceiro setor brasileiro e em projetos sociais ligados à educação, saúde e habitação. Em 2020 foram aplicados R$ 8,3 milhões para projetos sociais e capacitação de organizações do terceiro setor, beneficiando diretamente 88.327 pessoas e indiretamente, 286.377 pessoas. Além disso, mais R$ 2,6 milhões foram direcionados para ações de redução de danos causados pela pandemia, em várias frentes sociais, como o amparo a famílias, cidadãos em situação de rua e hospitais da Grande São Paulo, Baixada Santista e outros municípios do país. No mesmo ano, a FSA destinou R$ 48,1 milhões para seus programas educacionais próprios realizados no Centro Educacional da Fundação Salvador Arena, tema prioritário na área de educação, custeando todas as atividades e os serviços oferecidos gratuitamente, com 100% de recursos próprios.

Mais informações para a imprensa

Gabriela Pomarino | gabriela.pomarino@cdn.com.br | (11) 4359-6577

Marleide Rocha | marleide.rocha@cdn.com.br | (11) 4084-2790

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *